Cinto de segurança: é necessário fazer manutenção?

| Por: Ana Paula Delchiaro

A função do cinto de segurança é evitar que os ocupantes dos veículos se choquem contra as partes do mesmo ou contra outros passageiros. Destacamos aqui sua obrigatoriedade para garantir maior segurança dos motoristas, e para assegurar sua eficiência, é preciso que passe por manutenções periódicas.

Os defeitos mais comuns do cinto de segurança são: danos na cinta ou problemas no fecho. É importante observar se o tecido não está desgastado e se o cinto não está frouxo, pois no caso de uma colisão, ele pode não funcionar da maneira esperada. Indica-se verificar também se a trava está exercendo bem a sua função. No caso de cintos retráteis, uma boa dica é puxar a parte diagonal com rapidez para ver se o cinto está travando ou se o sistema de recolhimento está adequado. O fecho também não pode ficar de fora: o cinto precisa encaixar com facilidade e travar, bem como ser destravado corretamente quando acionado.

Além disso, quando o veículo sofre uma colisão, o cinto recebe uma carga de esforço, e é preciso verificar as condições em que ficou o equipamento. Se for preciso, faça a troca do cinto em estabelecimentos confiáveis e informe-se se o novo equipamento é compatível com as especificações do seu veículo e se possui certificado de qualidade.

A vida útil do cinto de segurança depende das condições a que o carro é exposto, e também do uso correto do item. Destaca-se aqui a conscientização de cada motorista sobre a importância de seu uso correto. Em uma colisão de veículos a apenas 40km/h, o motorista pode ser atirado violentamente contra o pára-brisas ou arremessado para fora do carro. Alguns motoristas pensam que podem amortecer o choque segurando firmemente no volante. Isto é ilusório, porque a força dos braços só é eficaz a uma velocidade de até 10 km/h.

Estatísticas sobre acidentes mostram que passageiros que usam corretamente os cintos de segurança, têm um risco menor de se ferirem e uma chance muito maior de sobreviverem num acidente. Por este motivo, a utilização dos cintos de segurança é exigida legalmente.

Acesse mais conteúdos sobre a área de prevenção de acidentes e saiba como o comportamento do motorista pode influenciar na segurança de suas operações. Confira mais informações em nosso material exclusivo sobre a importância de monitorar o comportamento dos motoristas de sua frota.

Download do ebook sobre a importancia de monitorar o comportamento dos motoristas da sua frota

 

 

Autor

Ana Paula Delchiaro

Ana Paula Delchiaro

Assine nossa newsletter

Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

    Deixe seu comentário

    Comentários