Como estruturar um CCO

| Por: Ana Tiemi

Neste artigo vamos falar sobre o Centro de Controle Operacional, local onde é realizado o monitoramento dos veículos, mais conhecido como CCO. Descubra como essa central pode ajudar sua empresa a obter maior eficiência, rapidez e assertividade em sua operação. Neste artigo abordaremos especificamente um CCO de Telemetria e num próximo falaremos sobre um de Videomonitoramento. Saiba mais sobre:

O que é um Centro de Controle Operacional (CCO)

Os Centros de Controle Operacional são utilizados para melhorar a eficiência logística, o desempenho dos processos, reduzir gargalos e otimizar recursos. Não basta apenas ter uma solução de monitoramento, sem uma gestão eficiente sobre as informações geradas pelo sistema de telemetria. Trata-se de uma maneira assertiva de se monitorar, analisar e tratar o comportamento dos motoristas, atuando rapidamente sobre aqueles que geram mais custos e riscos de acidentes à operação.

É no Centro de Controle Operacional que a rotina de uma operação de transporte é monitorada, independente do segmento de atuação da empresa. Esse controle é informatizado – a central pode receber, em tempo real, informações sobre a velocidade dos veículos nas vias, freadas e curvas bruscas, desvio de rotas, pontualidade, entre outras informações – para que profissionais do CCO acompanhem, tratem e analisem os dados que serão convertidos em indicadores e ações. O processo dá mais agilidade para a empresa na transmissão de informações, bem como maior assertividade na tomada de decisões.


Responsabilidades de um CCO de Telemetria

Conheça um pouco melhor as principais atividades desenvolvidas por um CCO de Telemetria:

Como estruturar um CCO

Escolha do melhor formato de CCO para sua operação

A escolha do formato de um CCO de telemetria para sua operação deve considerar alguns pontos importantes que influenciarão suas decisões na definição do melhor custo e benefício. Para escolher o melhor formato, estrutura e equipe necessária do CCO, você deve se atentar principalmente aos seguintes pontos que direcionarão sua escolha:

O CCO pode ser próprio ou terceirizado

Qual a quantidade de veículos e motoristas que serão monitorados

Como estruturar um CCO

Turnos de funcionamento

Unidades organizacionais da empresa

Soluções utilizadas

Terá ou não report online

Como estruturar um CCOEstrutura de um CCO

Trata-se de um investimento que certamente renderá frutos em médio e longo prazo e pode até mesmo se tornar um diferencial competitivo.

Profissionais importantes para um CCO

Um requisito essencial para o funcionamento do CCO é a qualificação de pessoal. Quando for contratar os profissionais que farão parte da sua Central, é importante que eles tenham perfil analítico, experiência com dados, planilhas e BI – a vivência no segmento de frota e logística será um diferencial positivo. Também é relevante que tenham um perfil comunicativo, já que terão contato com diferentes departamentos e níveis hierárquicos da empresa. A seguir daremos exemplos de 2 profissionais que devem compor um CCO e algumas de suas principais atividades.

ANALISTA DE OPERAÇÕES

COORDENADOR DE OPERAÇÕES

Benefícios de se ter um CCO

Até aqui já é possível enumerar muitos benefícios que o CCO gera à empresa. Então, vamos destacar alguns pontos que entendemos como mais relevantes:

contratar cco

Então, como podemos ver, não basta apenas ter uma solução de monitoramento, sem uma gestão eficiente sobre as informações geradas pelo sistema de telemetria, tendo o CCO um papel essencial. Ele é um excelente recurso que auxilia e traz muitos benefícios à gestão de frotas, e não devemos esquecer os pontos destacados para escolher o melhor formato para a operação, pensando também na estrutura e equipe responsável. Acreditamos que o gestor de frota tem no CCO um aliado para conseguir alcançar grandes ganhos em segurança e economia na operação. Trata-se de um investimento que renderá ótimos resultados e poderá até mesmo se tornar um diferencial competitivo.


Autor

Ana Tiemi

Ana Tiemi

Assine nossa newsletter

Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

    Deixe seu comentário

    Comentários

    • Rogerio Culpi disse:

      Muito interessante o Artigo amigos! Dado por dado não significa que o resultado será alcançado … Mas sim com analises aprofundadas e tomadas de ações para garantir o controle operacional

      • Veltec disse:

        Muito obrigado pela contribuição, Rogério! Concordamos contigo.
        Se tiver sugestões de novos conteúdos, fique aberto a nos passar, sua opinião é muito importante!

        Um abraço.

    • Douglas Lima disse:

      Que material e que qualidade disponibilizado aqui. Venho acompanhando os e-mails e o site fico cada vez mas agradecido por conhecer este sistema. Concordo de que é necessário uma boa gestão, pois sistema de ponta e esta aqui. Parabéns a toda equipe Veltec.

      • Veltec disse:

        Douglas, agradecemos muito o retorno! Ficamos felizes pelas suas considerações e desejamos contribuir cada vez mais com conteúdos e soluções para uma gestão de frotas: mais eficiente, econômica e principalmente segura.

        Se tiver sugestões de novos conteúdos, fique aberto a nos passar, sua opinião é muito importante!

        Um abraço.

    • Joyce Filus Ghelere disse:

      Parabéns pelo conteúdo, nossa empresa está implementando um CCO e foi bastante contributivo. Obrigado!