Principais custos logísticos e como reduzi-los

| Por: Emanuele Almeida

 gestor, muitas vezes, não consegue identificar os motivos pelos quais o faturamento da sua empresa não aumenta e nem por que ele não consegue reduzir os custos. Isso pode ser causado pela falta de acompanhamento dos fatores que envolvem todo o processo logístico . Nesta conta, deve-se considerar os custos logísticos, um conceito que vai além de apenas levar o produto da fábrica até o consumidor ou revendedor.

Neste artigo, você vai conhecer o que são os custos logísticos e como a tecnologia pode ajudar a ter maior controle sobre eles.

O que são custos logísticos?

Os custos logísticos são todos os gastos relacionados a demandas e processos logísticos de uma empresa. Eles podem variar de uma empresa para outra, mas, em geral, envolvem despesas com armazenamento, transporte e frota, mão-de-obra, embalagem, tarifas e impostos, além de  adoção de tecnologias para a melhoria do trabalho. 

Esses fatores são aspectos que interferem no cálculo final dos custos logísticos. 

(Inserir imagem)

Nesse artigo, destacamos os seguintes custos: Impostos, Recursos Humanos e Custos de Transporte.

Impostos para os custos logísticos

Impostos e tarifas nacionais e estaduais são fatores que acrescentam despesas ao setor logístico de uma empresa. 

Os principais impostos que incidem na logística do Brasil são:

Desta forma, fazer o cálculo dos custos logísticos é imprescindível para que uma empresa seja competitiva no mercado e evite que se perca dinheiro. Um planejamento tributário estruturado é fundamental para que a empresa tome conhecimento de isenções fiscais, evite multas, ou até busque sistemas de sociedade diferenciados para reduzir a cobrança de taxas.

Recursos humanos

Custos logísticos da frota
Os custos logísticos envolvem também a equipe de trabalho

Os custos logísticos também envolvem a equipe de trabalho que atua na produção, movimentação e entrega do produto. Por isso, todos os gastos que englobam produção, administração de recursos, estoque, motoristas e fiscais de frota devem ser analisados. Por exemplo, é preciso considerar os salários dos gestores e dos outros colaboradores da equipe.

Para manter o nível de qualidade, as empresas precisam oferecer ofertas maiores para os que sejam mais capacitados ou experientes, assim como oferecer treinamentos e qualificação para a equipe, o que interfere tanto na qualidade da equipe, como nos gastos.

Custos logísticos de transporte

Os custos de transporte são todos aqueles que envolvem o processo de levar o produto da sua origem até o consumidor final. Nos custos de transporte entram fatores como gastos com combustível, pedágio, salários dos profissionais envolvidos, além de custos com manutenção e gestão dos sistemas de transporte. 

 Eventuais gastos com acidentes, roubos de carga e até mesmo horas extras também entram na planilha dos custos logísticos de transporte.

A seguir, veja algumas dicas de como reduzir os custos na prática, a partir de uma gestão de frotas

  1. Manutenção preventiva de veículos
  2. Rotogramas  
  3. Economia de combustível
  4. Separamos um guia específico com objetivo de te auxiliar a reduzir custos. Baixe agora!

Guia: Como controlar custos relacionados à gestão de frotas

Saiba quais são os custos impactados pela frota nesse guia.

    Cargo na empresa
    Tamanho da frota
    Segmento de atuação

    Tecnologias aplicadas para reduzir custos logísticos

    É fato que para uma empresa se destacar no mercado ela precisa estar sempre na busca de novas tecnologias que otimizem os processos, reduza erros e custos, aumente a produtividade e o desempenho do negócio. Todas essas ações podem ser facilitadas com a inclusão de ferramentas tecnológicas, uma vez que o uso de plataformas digitais está sendo cada vez mais imprescindível para que uma empresa opere em alta performance.

    Apesar das ferramentas demandarem um investimento inicial, elas são necessárias para garantir a competitividade, agilidade e redução de custos em médio e longo prazo. 

    Como os custos logísticos impactam na produtividade

    Os custos logísticos podem impactar na produtividade quando há investimentos para otimizar os processos, o custo inicial não se compara aos resultados e lucros a médio e longo prazo. Uma vez que erros, retrabalhos, processos repetitivos, entre outras inconsistências que podem aparecer nas operações minam o tempo e o uso eficaz dos recursos de uma empresa.

    Para potencializar ainda mais o trabalho, a empresa precisa conhecer seus custos logísticos com profundidade, a fim de buscar formas de aprimorar essas despesas, investindo em alternativas mais rentáveis, mas sem comprometer a qualidade do serviço prestado.

    Como reduzir os custos e fazer uma gestão eficiente

    Como as despesas são diferentes, os gestores precisam conhecer os custos logísticos da sua empresa, assim é possível pensar em estratégias para aprimorar as etapas do processo. Parte da redução dos custos pode ser feita a partir de métodos de otimização, com ferramentas que podem trazer dados sobre a logística para os gestores, ajudando a identificar gastos e quais podem ser cortados.

    Sistemas voltados a acompanhar a frota, como a  telemetria, podem reduzir o tempo de entrega, monitorar e informar os gastos com combustível e manutenção - todos fatores que afetam os custos.

    E-book: Tudo o que você precisa saber sobre telemetria e gestão de frotas

    O que é telemetria veicular e como ela atua na gestão de frotas? Descubra aqui!

    Conclusão

    Os custos logísticos afetam diretamente a lucratividade de uma empresa. A partir da adoção de tecnologias para a gestão,a empresa terá condições de manter um equilíbrio entre as contas, qualidade nos processos e satisfação dos clientes. 

    Tags

    Autor

    Emanuele Almeida

    Emanuele Almeida

    Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

    Assine nossa newsletter

    Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

      Deixe seu comentário