O que você ainda não sabe sobre o transporte de petróleo terrestre

| Por: Emanuele Almeida

O transporte de petróleo é uma das atividades mais importantes no Brasil. Essa prática demanda variados cuidados, desde uma seleção mais criteriosa de motoristas até o cumprimento de leis ambientais que envolvem esse processo. Neste conteúdo, você irá entender tudo o que precisa sobre o transporte de petróleo terrestre. Tenha uma ótima leitura! 

Como é feito o transporte do petróleo?

transporte de petróleo terrestre
O transporte de petróleo é uma das atividades mais importantes no Brasil

O petróleo é transportado em larga escala após sua extração através dos poços de produção, sendo retirado de seu espaço de armazenamento na unidade de produção, a qual pode ser no mar, em plataformas ou navios-plataformas.

Todo o processo é executado por meio de tubos específicos para o transporte de óleo e gás natural, chamados de oleodutos e gasodutos. 

Tais modelos de dutos podem ser construídos tanto na terra quanto no fundo do mar e, em ambos os casos, é possível interligar as plataformas com terminais e refinarias. Além disso, outra maneira de transportar o petróleo é por meio dos navios-tanques, que são nomeados como petroleiros.

Os navios-tanques contém os seguintes itens:

Esse tipo de veículo é capaz de realizar o transporte de até 25 mil toneladas de petróleo e, para quantidades maiores, existem os navios superpetroleiros, que suportam até 550 mil toneladas. No Brasil, o modelo mais usado é o petroleiro, pois mais da metade da produção é executada por meio dele.

Itens que requerem cuidados para o transporte de petróleo terrestre

No transporte de petróleo, é preciso estar atento aos tipos de tanques usados para armazenamento, às normas e às medidas de proteção tanto para o material em si quanto para o meio ambiente e, também, para aqueles que realizam o manuseio do mesmo. Abaixo você entenderá mais sobre a relevância desse cuidado nos tópicos citados.

1 - Tanques

O petróleo bruto é armazenado em tanques localizados acima do solo, que possuem capacidade para abrigar imensas quantidades de galões. Já o petróleo cru é colocado em tanques de armazenamento flutuantes ou fixos.

Normalmente, o mantimento do nível dos tanques é feito por meio da atuação da válvula. Quando o corte de emergência é acionado, os controles de nível não permitem que ocorra um transbordamento, pois assim que o nível se torna inferior ao nível considerado baixo, as bombas são desligadas. 

Considerando isso, às vezes os certificados de segurança se fazem úteis em razão do baixo ponto de brilho do petróleo ainda bruto.

2 - Normas

As normas para o transporte de petróleo são variadas, destacamos as seguintes:

Para visualizar todas as normas, regulamentos e legislações para oleodutos, acesse o site do Ministério de Minas e Energia, do Governo Brasileiro.

3 - Proteção

No Brasil, a maior parte das reservas de petróleo estão no mar, portanto, a atividade é muito mais difícil, principalmente em comparação aos outros países, onde os poços estão localizados em terra firme.

Há muitas opções de proteção específicas para esse setor no mercado, que asseguram as atividades de perfuração, exploração e armazenamento de petróleo e, também, de gás. 

Os planos de seguro para esse tipo de atividade também costumam cobrir:

- Danos materiais nas plataformas, navios, sondas e equipamentos, causados por fenômenos naturais ou decorrente da própria operação;

- Responsabilidade civil por possíveis danos causados a terceiros;

- Danos que sejam derivados da construção, reparos ou serviços de manutenção das plataformas, navios e sondas.

Acidentes no transporte de petróleo terrestre

Os acidentes provocados no transporte de petróleo terrestre podem acontecer por vários fatores, como:

As consequências são gravíssimas, principalmente para o meio ambiente. Logo, é indispensável que os condutores adotem boas práticas ao volante e, também, é tarefa dos gestores a adoção de ferramentas tecnológicas que contribuam na prevenção de acidentes. Para saber mais sobre esse tópico, acesse nosso e-book.

Guia: Como utilizar a tecnologia na prevenção de acidentes de trânsito em sua frota?

Para entender melhor essa relação e que tipos de medidas você pode adotar, não deixe de ler o guia completo!

    Cargo na empresa
    Tamanho da frota
    Segmento de atuação

    Boas práticas para o transporte de petróleo terrestre

    O transporte de combustível é classificado como carga perigosa, portanto exige cuidados específicos em todas as etapas, para que todo o processo seja realizado corretamente, sem nenhum tipo de dano.

    Treinamento dos colaboradores

    Um bom veículo não é garantia de serviço realizado com sucesso. Dessa forma, escolher um condutor capacitado para estar ao volante é um fator de extrema importância.

    De modo geral, todos os colaboradores envolvidos no processo, desde a preparação da carga, devem participar de treinamentos para tal e devem ter todos os equipamentos de segurança recomendados.

    Seguir as leis ambientais

    Considerando que as cargas são nocivas, o ideal é restringir o máximo possível a circulação do caminhão-tanque. É preferível evitar regiões com população densa, reservas ecológicas ou nascentes.

    Ter a documentação obrigatória para o transporte de petróleo terrestre

    Além da documentação do motorista, é preciso também ficar atento aos documentos da carga, do veículo e que sinalizem o nível de perigo do conteúdo transportado.

    Utilizar a sinalização adequada

    Em primeiro lugar, a carga de risco deve estar classificada como tal. Assim, essa identificação deve incluir a sinalização do rótulo de risco, o painel de segurança e o número ONU, que é usado para materiais e outros conteúdos perigosos.

    Conclusão

    O transporte de petróleo terrestre é uma atividade executada no Brasil para que seja possível realizar as importações e exportações do petróleo bruto e outros derivados. 

    É uma prática de extrema importância e que exige muitos cuidados, principalmente por se tratar de uma carga considerada perigosa. Além disso, selecionar condutores capacitados e treinados para executar a tarefa de forma correta também é indispensável.

    A Trimble oferece soluções tecnológicas que contribuem de diversas maneiras com as operações logísticas. Conheça as ferramentas e conte conosco para melhorar os serviços da sua empresa!

    Bianca Biazotto Moris - Massi Digital 

    Tags

    Autor

    Emanuele Almeida

    Emanuele Almeida

    Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

    Assine nossa newsletter

    Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

      Deixe seu comentário