Descubra como o blockchain pode ser aplicado na logística

| Por: Emanuele Almeida

Os processos logísticos estão em constante evolução e todas essas mudanças acontecem em alta velocidade. Para que as operações do seu negócio sejam realizadas com excelência, garantindo bons resultados, é preciso estar sempre atento às tendências que estão em alta no mercado.

Atualmente, uma das tecnologias mais inovadoras no setor logístico é o blockchain. Confira o conteúdo completo para saber mais sobre o que é essa tecnologia, quais são seus benefícios e aplicações na logística.

O que é blockchain na logística?

Blockchain é a tecnologia de banco de dados distribuído, com o objetivo de abrigar registros de informações digitais de forma transparente, segura e sem depender de um órgão central para controlá-las.

Entre as funções desempenhadas pela tecnologia, a principal delas é a verificação de transações em moedas digitais, codificando e inserindo milhares de documentos no blockchain. A partir daí, é criado um registro que não permite alterações. 

Na logística, a tecnologia atua na possibilidade de geração de processos totalmente virtuais, sem qualquer tipo de referencial físico. De maneira prática, o blockchain torna as ações visíveis para todos e assegura a existência real dos dados, o que contribui muito com os níveis de eficiência. 

Como funciona o blockchain?

uma das tecnologias mais inovadoras no setor logístico é o blockchain
Uma das tecnologias mais inovadoras no setor logístico é o blockchain

O funcionamento do blockchain ocorre como um banco de dados distribuído e descentralizado, localizado entre diversos participantes de uma única rede. Somente após um consenso entre as duas partes envolvidas é que os dados são trocados e validados.

Um exemplo prático: no processo de transação, os agentes interessados possuem um código criptografado. Entretanto,a transferência só acontece quando dois ou mais códigos são unidos e, assim, o bloco de informações é formado. 

O processo é dividido em 5 etapas: 

  1. Início da transação: quando o início da troca é decidido por dois agentes;
  2. Criação de bloco: quando o agrupamento da transferência é feito e ocorre a entrada na rede da cadeia de computadores compartilhada;
  3. Verificação: o conjunto de regras é desenvolvido para que os computadores participantes possam avaliar e calcular a transação,que só é verificado após o consenso de todos;
  4. Criptografia: depois do consenso, a criptografia e registro do bloco verificado é realizada;
  5. Execução: o processo de transferência é realizado entre todas as partes presentes. 

O objetivo geral do blockchain é tornar os processos de atividades online muito mais agilizado. Essa tecnologia também traz mais segurança nas etapas, já que os códigos usados nas transações são altamente complexos. Inclusive, se necessário, é possível tornar uma transferência irreversível, para que fraudes sejam evitadas. 

É justamente pelos fatores de segurança, agilidade e eficiência nos processos que o blockchain tem chegado até a logística.

Benefícios do blockchain na logística

A adoção do blockchain na logística garante uma alta vantagem competitiva nos negócios presentes no mercado. Os benefícios principais nesse setor são:

Para saber como superar os desafios na logística que podem estar dificultando o acesso aos benefícios, baixe o E-Book gratuito da Trimble disponível abaixo.

E-book: 5 grandes desafios da logística

A logística é reconhecida como um dos principais fatores de competitividade de uma empresa, sendo sua gestão muito complexa. Saiba quais são os maiores desafios da área e como enfrentá-los!

  

Como o blockchain pode ser aplicado na logística?

Na logística, o blockchain atua em três vertentes: no rastreamento de estoque, na verificação de autenticidade e no crescimento da transparência. Veja mais abaixo as descrições das aplicações e alguns exemplos.

Rastreamento de estoque

Com o blockchain, o rastreamento de estoque acontece de maneira muito mais minuciosa, pois a tecnologia permite que o controle seja realizado em níveis micro, considerando também cada produto individualmente. 

Ao rastrear de forma mais detalhada, a identificação de lotes de produtos fica muito mais fácil, bem como a detecção de qualquer mercadoria com defeito. Dessa forma, se necessário, é possível retirar somente o produto que estiver comprometido, otimizando tempo e evitando perda total do estoque. 

Verificação de autenticidade

Os benefícios do blockchain na logística são tanto para empresas quanto para os consumidores finais. 

Como a tecnologia permite um rastreamento extremamente detalhado e seguro, os consumidores se sentem muito mais confiantes durante o processo de entrega, especialmente de produtos de alto valor.

Maior transparência

Entre os desafios presentes na cadeia de suprimentos, um dos principais é o mantimento da credibilidade dos dados. Com o blockchain, a transparência é garantida. 

Dessa maneira, a logística B2B ganha mais visibilidade e credibilidade, o que é excelente para gerar conexões de confiança com outras empresas. 

O futuro do blockchain na logística

Para melhorar a organização dos processos, as empresas de logísticas necessitam do auxílio de tecnologias e o blockchain é uma ferramenta que supre tal necessidade. Há apostas de que essa tecnologia irá revolucionar a logística e, quando combinada com IoT, Big Data e I.A, a eficiência das cadeias de suprimentos é ainda maior.

O futuro do blockchain na logística é uma grande aposta para os próximos anos, principalmente por se tratar de uma forte vantagem competitiva. Ainda há muitas vertentes e benefícios para serem desenvolvidos nessa tecnologia, mas, é certo que as operações logísticas têm sido e serão cada vez mais beneficiadas através do blockchain. 

Para saber mais sobre o futuro das tecnologias em operações logísticas, baixe o e-book gratuito da Trimble.   

E-book: Transporte Conectado - Qual o futuro das tecnologias para operações logísticas?

Descubra se a sua empresa já está se preparando para o futuro das operações logísticas e conheça as tendências da Logística e da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain) conectada.

    Cargo na empresa
    Tamanho da frota
    Segmento de atuação

    Conclusão

    Considerando que não é possível alterar ou falsificar os dados das transações dos blocos, as informações presentes são totalmente seguras. Optando por contratos inteligentes que automatizam as transações, os processos são realizados em uma velocidade de tempo muito mais acelerada. 

    Assim, o blockchain está ganhando cada vez mais espaço no setor de logística, principalmente por se tratar de um meio onde inúmeras documentações fazem parte dos processos, e essa tecnologia veio para contribuir com a boa execução de todas essas tarefas. 

    Autor: Bianca Biazotto Moris - Massi Digital

    Tags

    Autor

    Emanuele Almeida

    Emanuele Almeida

    Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

    Assine nossa newsletter

    Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

      Deixe seu comentário