Sono e Direção: boas práticas para evitar a sonolência ao volante

| Por: Ana Tiemi

Dirigir com segurança requer atenção com a manutenção do veículo, com as regras de trânsito, com a sinalização, com pedestres e com outros veículos. Mas também exige outro requisito importantíssimo por parte do condutor: que ele esteja descansado e sem sono, não importando a distância a ser percorrida.

Todo motorista deveria saber da importância de não dirigir cansado, com um bom nível de atenção e valorizando a direção defensiva. Assim, é preciso investir na qualidade e no tempo de sono necessário para que possamos desempenhar uma condução veicular de forma segura.

De acordo com a literatura médica especializada, conduzir um veículo com sonolência ou com sinais de cansaço (fadiga) é tão perigoso quanto ingerir bebidas alcoólicas ou substâncias estimulantes antes ou durante o ato de dirigir.

SONO REPARADOR

Apesar de cada organismo funcionar de um jeito particular, a recomendação é que se durma de 7 a 8 horas por ciclo de 24h e que o sono tenha uma boa qualidade para que exerça sua função reparadora.

CONSEQUÊNCIA DA PRIVAÇÃO DO SONO

A privação do sono é quando se dorme menos tempo do que o necessário, essa condição interfere de forma direta no desempenho ao volante. Essa é uma das grandes preocupações da Medicina do Sono atualmente, uma vez que as pessoas estão dormindo cada vez menos.  

Esse fator prejudica diretamente o comportamento e desempenho dos condutores. Dirigir exige o perfeito desempenho de três funções e quando isto não ocorre, o risco sobre vidas é enorme e imediato: 

MEDICINA DO SONO

O foco dos programas de medicina do sono nas empresas deve ser conscientizar os motoristas sobre a importância da qualidade do sono e o impacto direto desta no bom desempenho em sua profissão.

AÇÕES PREVENTIVAS

Existem ações que empresas vêm implementando visando acabar com ocorrências de fadiga ao volante por parte de seus motoristas. Algumas delas são:

GUIA DO SONO E DIREÇÃO – Material aprofundado sobre o assunto

Neste e-book apresentaremos todos os aspectos de um sono reparador à direção veicular segura dos motoristas profissionais e/ou amadores, as consequências da privação do sono e ações preventivas a serem tomadas pelos gestores de frota, um exemplo é a relevância da cronobiologia auxiliando no desenvolvimento das escalas dos condutores.

Traremos também um case de sucesso que mostrará como atuar preventivamente garantindo a segurança de seus condutores quando o assunto é sono. Pudemos contar com a participação do Dr. Sérgio Barros Vieira, médico e coordenador do Programa de Medicina do Sono na Viação Águia Branca, que contribuiu com seu conhecimento da área.

Autor

Ana Tiemi

Ana Tiemi

Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

Assine nossa newsletter

Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

    Deixe seu comentário