Câmera de fadiga: O que é e como ajuda a aumentar a produtividade?

| Por: Emanuele Almeida

Saiba como a câmera de fadiga ajuda a gestão da sua frota e traz um impacto positivo na segurança da equipe

A fadiga e outros comportamentos indevidos no trânsito são as principais causas de acidentes de trânsito, segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet). Para ajudar a solucionar o problema, foi possível chegar à câmera  de fadiga, que capta os movimentos do motorista. Sinônimo do sensor de fadiga, a inteligência artificial é capaz de reconhecer os sinais de fadiga e outros comportamentos com base na expressão e movimentos do motorista.

O sensor ou detector de fadiga é uma tecnologia auxiliar de condução que emite alertas, tanto para o motorista quanto para a central de monitoramento, quando identifica que o condutor está apresentando comportamentos indevidos. O objetivo é registrar atitudes que sejam prejudiciais à segurança, principalmente aquelas que tiram a atenção do motorista da via. 

O que é Câmera de fadiga?

A solução de câmera (ou sensor) de fadiga,  após instalada, capta todos  os movimentos de risco que o motorista faz. O sistema atua na prevenção de acidentes por meio da identificação de sinais de fadiga, distração, uso de cigarro e uso de celular ao volante. 

Quando é identificado algum desses sinais, o sistema emite um alerta sonoro para o condutor, registrando os imprevistos e enviando à central de controle. Isso é possível porque o sensor de fadiga tem um dispositivo com inteligência artificial embarcada. 

Saiba mais detalhes sobre a atuação do sensor de fadiga pelo nosso ebook gratuito:

E-book gratuito: Tudo sobre Sensor de fadiga

Saiba todos os detalhes dessa inteligência artificial aplicada a gestão de frotas:

Além disso, sua  câmera consegue fazer uma leitura fácil para identificar o estado do motorista. Para isso, o sistema registra fotos e vídeos, data, hora e local em caso de alguma ocorrência e envia para a central de comando. Essas imagens são capturadas com alta qualidade, seja durante o dia ou à noite.

Vantagens do uso da câmera de fadiga

A utilização dessa tecnologia com um sistema completo  que inclui câmeras veiculares, DVR veicular e software, promove diferentes vantagens para as empresas. Conheça mais a seguir:

Contribuição para tomada de decisão

O sistema contribui para otimizar a gestão da frota, principalmente em relação à tomada de decisões na redução de acidentes. Se é identificado que certos motoristas apresentam sinais frequentes de fadiga ou uso de celular durante a condução, o gestor da frota pode falar com os colaboradores e tomar uma atitude para solucionar o problema. 

Esclarecimento de eventos

A tecnologia é essencial para a proteção tanto da empresa quanto do motorista, pois é um recurso que permite o esclarecimento de eventos no caso de acidentes ou problemas na rotina. Isso é possível porque as imagens gravadas pelo DVR veicular ajudam a solucionar as dúvidas sobre os incidentes, por exemplo, a atitude do condutor, falhas no veículo, defeitos na estrada, excesso de velocidade e outros aspectos que podem estar envolvidos.

Monitoramento do desempenho do motorista

As câmeras, em combinação com inteligência artificial, ajudam a acompanhar a produtividade do motorista e, por meio disso, pode-se avaliar a implementação de recompensas. Assim, é possível incentivar sua produtividade e melhor performance.  

câmera de fadiga
A tecnologia auxilia no acompanhamento da produtividade do motorista

Redução de prejuízos financeiros

A solução com o sensor de fadiga contribui para reduzir gastos com multas, danos no veículo e processos trabalhistas. A tecnologia também é um diferencial para a contratação de seguros, pois o uso do vídeo e da inteligência artificial ajudam a esclarecer eventos, reduzindo os custos com seguradoras. 

Impacto na segurança da frota

Os itens que integram a câmera de fadiga são fundamentais para a prevenção de acidentes e para a compreensão dos comportamentos de risco mais recorrentes. A partir do momento que há informações disponíveis sobre o comportamento do motorista durante sua jornada de trabalho e evidências visuais dessa conduta, pode-se aplicar ações corretivas, como treinamentos e conscientização. 

A partir dos dados, é possível ter um banco de dados com os motoristas mais propensos a se envolverem em acidentes, pontos do trajeto em que é notado mais sonolência, e outras informações disponibilizadas pelo sistema, sendo possível para o gestor tomar medidas preditivas. Desta forma, é possível focar na prevenção e educação de condutores, tanto para desenvolver uma, quanto para salvar vidas no trânsito, evitando acidentes.

A câmera de fadiga é para sua frota?

Depois desse artigo, você ainda está na dúvida se o Sensor de Fadiga é para sua empresa? 

Preparamos esse ebook com um checklist de sinais para que você consiga avaliar internamente. Baixe agora!

E-book: 7 sinais de que sua empresa precisa de sensor de fadiga

Ainda está na dúvida se o Sensor de Fadiga é para sua empresa? Preparamos esse ebook com um checklist de sinais para que você consiga avaliar internamente. Baixe agora!

Tags

Autor

Emanuele Almeida

Emanuele Almeida

Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

Assine nossa newsletter

Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

    Deixe seu comentário