Controle de abastecimento: saiba o que é e como fazer

| Por: redacao.massi

Dentro da categoria de Gestão de Frotas, podemos citar o controle de abastecimento como uma das práticas mais críticas e influentes. Ele não apenas impacta diretamente nos custos operacionais, mas também atua como um indicador da saúde geral da frota.

A partir da compreensão profunda deste processo, os gestores podem não apenas otimizar custos, mas também aprimorar a eficiência de suas operações e contribuir para a sustentabilidade do meio ambiente.

O que é o controle de abastecimento?

O controle de abastecimento é uma prática que envolve o monitoramento, registro e análise detalhada do consumo de combustível de cada veículo de uma frota. Além de verificar o quanto é gasto, trata-se de entender o comportamento do consumo, o que pode indicar desde práticas inadequadas de condução até problemas mecânicos que exigem atenção. 

Portanto, é uma combinação de gestão financeira, manutenção preventiva e eficiência operacional.

O controle de abastecimento é uma prática que envolve o monitoramento, registro e análise detalhada do consumo de combustível de cada veículo de uma frota.

Como fazer a gestão do controle de abastecimento?

A gestão de abastecimento começa com a criação de um registro consistente. Cada abastecimento deve ser meticulosamente registrado, detalhando data, quantidade de combustível, quilometragem do veículo, preço pago e até mesmo o posto de combustível utilizado. 

Com o tempo, essa base de dados se transforma em uma fonte valiosa de insights, possibilitando análises profundas sobre a eficiência de cada veículo, padrões de consumo e a identificação de possíveis inconsistências ou desvios.

Qual a importância do controle de combustível na frota?

Em um mundo onde a eficiência e a sustentabilidade são necessárias, o controle de combustível é vital para qualquer empresa que opere uma frota. Ele permite uma visão clara dos custos operacionais e, através da detecção de padrões anormais, pode também ser um sinalizador de problemas mecânicos ou práticas inadequadas por parte dos motoristas. 

Além do aspecto financeiro, uma gestão eficiente do combustível contribui para a redução da emissão de poluentes, alinhando a empresa com práticas sustentáveis.

Confira o nosso e-book sobre como economizar combustível na gestão de frotas.

Principais pontos ao fazer um controle de abastecimento?

1 – Dê atenção às manutenções preventivas

Manutenções preventivas são fundamentais para garantir que veículos operem em sua máxima eficiência. Um veículo bem mantido, com seus sistemas calibrados, consome menos combustível e tem uma menor probabilidade de falhar. 

Esta prática, além de reduzir custos com combustível, também diminui gastos com reparos emergenciais e prolonga a vida útil do veículo.

2 – Trace rotas inteligentes

Na era digital, gestores de frota têm à disposição softwares avançados que podem otimizar rotas com base em variáveis como tráfego, distância e condições da estrada. Ao escolher o caminho mais eficiente, o consumo de combustível é reduzido e os prazos de entrega são mais facilmente cumpridos.

3 – Treine os motoristas

Um motorista bem treinado é um ativo inestimável. Ele não apenas opera o veículo de maneira segura, mas também é eficiente. Através do entendimento das melhores práticas de condução, como evitar frenagens e acelerações bruscas, o motorista pode significativamente reduzir o consumo de combustível.

4 – Cuide dos pneus

Os pneus têm uma influência direta no consumo de combustível. Pneus descalibrados ou desgastados aumentam o atrito com o solo e, consequentemente, o esforço do motor, levando a um maior consumo de combustível. Manter os pneus em bom estado e calibrados é essencial para a eficiência energética.

E-book: Por que controlar pneus?

Confira os benefícios que o controle dos pneus trás para sua frota e como monitorar detalhadamente este componente.

    Cargo na empresa
    Tamanho da frota
    Segmento de atuação

    5 – Busque parcerias com fornecedores

    Estabelecer relações fortes com postos de combustível ou fornecedores pode resultar em descontos, garantia de qualidade e até mesmo no desenvolvimento de programas de fidelidade. Escolher parceiros confiáveis é essencial para garantir a integridade do combustível, evitando adulterações que podem prejudicar os veículos.

    Como fazer um controle de abastecimento eficiente?

    Além de observar os principais pontos mencionados, a tecnologia é uma aliada crucial. Sistemas de telemetria avançada podem monitorar em tempo real o consumo de combustível, fornecendo dados em tempo real para os gestores. Isso permite intervenções rápidas, se necessário, e a tomada de decisões baseadas em dados concretos. 

    Combinando tecnologia, treinamento e práticas de manutenção, o controle de abastecimento torna-se uma ferramenta poderosa na gestão de frotas.

    Conclusão

    O controle de abastecimento, quando feito corretamente, traz benefícios que vão além da economia. Ele permite uma operação mais sustentável, otimiza a utilização dos veículos e garante que os recursos sejam usados da maneira mais eficiente possível. 

    Em um mundo competitivo, onde cada centavo e cada gota de combustível conta, investir em práticas sólidas de controle de abastecimento é, sem dúvida, a melhor decisão.

    Autor

    redacao.massi

    redacao.massi

    Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

    Assine nossa newsletter

    Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

      Deixe seu comentário