Gestão logística: entenda o que é e suas aplicações

| Por: Emanuele Almeida

Embora a maioria das pessoas associe a gestão logística com transportes, ela beneficia qualquer tipo de empresa. Isso porque seu principal objetivo é utilizar os recursos de forma eficiente, evitando desperdícios. Consequentemente, pode trazer resultados expressivos para uma organização.

Dito isso, nesse artigo, você vai descobrir como essa estratégia pode beneficiar o seu negócio. 

O que é a gestão logística?

A gestão logística consiste na administração dos processos de compra, produção, transporte, armazenamento, distribuição e entrega do produto final. O principal objetivo é usar os recursos da empresa de forma estratégica para evitar gastos desnecessários. Esses operações requerem cuidados especiais do gestor e sua equipe, podendo trazer redução de custos e aumento da produtividade.

Benefícios da gestão logística

A gestão logística pode trazer diferentes benefícios para uma empresa, conheça alguns a seguir: 

O primeiro deles é que por meio do gerenciamento logístico, o gestor pode instituir projetos personalizados, levando em conta o perfil do consumidor, as necessidades e as preferências. Esses projetos podem ser, por exemplo, métodos de armazenamento e distribuição de produtos.

Outro benefício é uma visão mais ampla de toda a cadeia, que permite considerar e acompanhar as fases da cadeia de suprimentos, considerando o processo de armazenamento até a entrega ao cliente. Assim, o gestor dispõe de dados para desenvolver estratégias mais eficientes de controle e planejamento. Essa visão ampla só é possível com um software de gestão.  

Além disso, a gestão logística pode trazer mais agilidade e eficiência, pois quando os processos são monitorados, pode-se desenvolver metodologias mais ágeis e eficientes. Consequentemente, a empresa terá mais tempo e produtividade. Quando bem feito, a gestão logística auxilia na identificação de falhas, que podem ser corrigidas imediatamente, evitando ou minimizando riscos.

Com as ferramentas tecnológicas adequadas, o gestor pode acompanhar em tempo real todas as etapas da operação. Dessa forma, torna-se possível agir no momento correto para solucionar algum problema, otimizar o trabalho ou sugerir outra estratégia. Considerando esses aspectos, certamente, os resultados serão melhores.

Aplicações da gestão logística

gestão logística

A gestão logística não é aplicada apenas no setor de transportes. Ela pode ser aplicada em qualquer tipo de negócio, porém existem algumas áreas em que esse processo é vital: armazenamento, controle de pedidos, embalagem, estoque, gestão de cadeia de suprimentos, gestão de frota e transporte. Conheça mais sobre cada área:

Armazenamento na gestão logística

A gestão logística é fundamental para o armazenamento porque ajuda a aproveitar melhor o espaço necessário para conservar e manter o estoque. Esse processo engloba a escolha da localização, o local que será utilizado, as rotas de saída e a tributação.

Controle de pedidos

Desde a realização do pedido até a sua entrega, um planejamento é necessário para cumprir a data estabelecida, alinhando os processos internos com a disponibilização dos produtos, é nesse aspecto que entra a gestão logística.

Embalagem

Nessa área, a gestão logística é a responsável por garantir a qualidade e o baixo custo das embalagens, assim como quais as melhores práticas de proteção dos produtos. Essa etapa é fundamental para que os pedidos sejam entregues sem nenhum tipo de dano.

Controle de estoque

A gestão logística ajuda o controle de estoque para que a empresa sempre tenha a quantidade certa de produtos disponíveis para atender os consumidores. Ela também impacta o setor de compras, pois com o planejamento adquire-se apenas o necessário. 

Gestão da cadeia de suprimentos

A gestão da cadeia de suprimentos tem a finalidade de monitorar os processos da empresa e colaboradores, como transportadora e fornecedores, com o objetivo de integrar ambas as partes e deixar as estratégias mais eficientes. Nessa área, a gestão logística é utilizada para que as operações sejam mais sólidas, atuando de forma conjunta para maximizar a competitividade dos negócios.

Gestão de frotas

A gestão logística é aplicada na gestão de frotas para fazer um planejamento de renovação e manutenção dos veículos, acompanhando em tempo real o seu desempenho. Nesse cenário, a gestão deve ser baseada em dados e informações. Dessa forma, os indicadores de desempenho são elementos fundamentais, pois são capazes de expressar os resultados das ações implementadas e onde as melhorias podem ser aplicadas.

Para compor esse processo, um sistema com Business Intelligence é uma ferramenta essencial para o gestor de frota tomar decisões assertivas e ter melhores resultados. Saiba mais como o BI pode ajudar na gestão de no e-book:

CTA normal

E-book: Como um BI especializado pode garantir a excelência na gestão de frotas?

Um sistema com Business Intelligence é uma ferramenta essencial para o gestor de frota tomar decisões assertivas e ter resultados crescentes.

Transporte na gestão logística

O setor de transporte é a aplicação mais utilizada da gestão logística, pois ele é responsável pela distribuição dos produtos. Assim, um planejamento é fundamental para reduzir custos, cumprir prazos, escolher as melhores rotas e outros aspectos que fazem parte do setor de transporte. Por exemplo, manutenção preventiva e economia de combustível.

A economia de combustível pode ser um grande diferencial, confira como economizar combustível na gestão de frotas no e-book:

E-book: Como economizar combustível na gestão de frotas?

Manter uma gestão econômica é um grande desafio para todos os gestores. Por isso, preparamos esse material para que saiba a melhor forma de economizar e ter uma operação mais econômica.

    Cargo na empresa
    Tamanho da frota
    Segmento de atuação

    Principais indicadores utilizados na gestão logística

    O acompanhamento de indicadores é essencial para a operação. Porém, não existe uma regra de aplicação de  KPI (Key Performance Indicator), pois cada empresa trabalha de uma forma. Por isso, é preciso identificar quais pontos são os essenciais, para então verificar como monitorá-los.

    Selecionamos os principais indicadores aplicados na área de logística.

    Você pode ler mais sobre os indicadores logísticos no nosso artigo aqui. 

    Boas práticas para a gestão logística

    Para a execução de uma operação logística, planejamento e organização são essenciais. Porém, para ir além é necessário implementar um conjunto de boas práticas. Pensando nisso, separamos 6 ações para você colocar em prática na sua operação. Confira!

    Utilização de indicadores de desempenho

    Uma boa gestão deve ser baseada em dados. Para verificar se a estratégia é eficiente, é preciso avaliar os indicadores de desempenho da empresa. Apesar de existir inúmeros indicadores, como mencionado acima, o melhor é avaliar aqueles que são mais relevantes para o negócio.

    Previsão de demanda

    Estimar a demanda de serviços é essencial, isso porque o objetivo da gestão logística é reduzir custos sem perder a qualidade. Assim, fica mais fácil estabelecer a quantidade de compras e metas de faturamento. 

    Investimento em tecnologia

    As soluções tecnológicas são grandes aliadas para administrar os processos de produção e distribuição da empresa. Isso ocorre devido a automatização, que aumenta a produtividade, reduz erros e falhas humanas, além de facilitar a coleta de dados. Com a utilização de software, os colaboradores têm mais tempo para investir em novas estratégias, pois as atividades repetitivas são automatizadas.

    Cuidado com o meio ambiente

    A gestão logística também é responsável por cuidar do meio ambiente. Os consumidores estão cada vez mais conscientes e optam por comprar produtos de empresa sustentáveis.  Além disso, nem todos os recursos da natureza são inesgotáveis e é preciso usá-los com consciência. Assim, a gestão logística ajuda a reutilizar, reciclar e recuperar os resíduos gerados durante a produção, armazenamento ou transporte. 

    Satisfação do consumidor

    Clientes satisfeitos são o combustível para o negócio de sucesso. Desse modo, ao gerenciar a logística da sua empresa, é preciso sempre entregar o melhor produto e serviço. 

    Treinamento para os colaboradores

    Se os colaboradores não estiverem preparados, de nada adiantará ter tecnologia e processos bem definidos. Por isso, capacitar os profissionais é essencial para a gestão logística.  Oferecer treinamentos, além de melhorar os resultados da empresa, faz com que os colaboradores se sintam mais motivados e engajados, contribuindo com a retenção de talentos.

    Conclusão

    A partir da leitura, é possível compreender que a gestão logística é a chave para otimizar processos e melhorar a eficiência operacional da sua empresa. Para otimizar essa estratégia, é necessário mapear as atividades do zero e encontrar as soluções mais rápidas para entregar valor aos clientes. Para otimizar os processos logísticos da sua empresa, conte com as soluções da Trimble!

    Se aprofunde ainda mais em outras tendências da logística no nosso e-book Transporte Conectado:

    E-book: Transporte Conectado - Qual o futuro das tecnologias para operações logísticas?

    Nesse material apresentamos a tendência da Logística e da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain) e falamos sobre como serão as operações em um futuro próximo.

    Tags

    Autor

    Emanuele Almeida

    Emanuele Almeida

    Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

    Assine nossa newsletter

    Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

      Deixe seu comentário