Gerenciamento de risco no transporte: Descubra como gerenciar situações de risco

| Por: Emanuele Almeida

Saiba como fazer o gerenciamento de risco transporte e como pode contribuir com a segurança da sua frota.

O que é mais eficiente: evitar um problema ou consertá-lo? As transportadoras devem focar seus esforços em evitar problemas, já que é uma atitude muito mais eficiente. Diante de acidentes, roubos e estradas mal pavimentadas, o gerenciamento de risco transporte é um meio para reforçar a segurança, reduzir custos, oferecer um serviço de qualidade e ter maior lucratividade.

O gerenciamento de risco transporte é importante para a saúde do negócio, pois é o responsável por prever alterações nas etapas de uma operação. Continue a leitura para entender como a telemetria pode ajudar no gerenciamento e quais prejuízos podem ser evitados.

O que é gerenciamento de risco transporte?

O gerenciamento de risco no transporte consiste em um processo de planejamento, organização e controle para diminuir as possíveis ameaças e danos envolvidos no processo logístico. Os custos para a prevenção de prejuízos são menores e mais eficazes do que a correção, no entanto, nem sempre há como evitar problemas.

A fim de minimizar os riscos, a gestão trabalha coordenando toda a cadeia de movimentação, atuando de forma preventiva e corretiva.

Por que fazer o gerenciamento de risco transporte?

O gerenciamento de riscos deve ser feito para direcionar como as ações serão conduzidas, a fim de mitigar os riscos e lidar com eventuais problemas. A partir do gerenciamento, pode-se ter um monitoramento e controle, identificar o grau de risco e verificar possíveis ações que contribuem com a segurança em situações inesperadas. 

O gerenciamento de risco no transporte possibilita que os gestores evitem gastos e eventos prejudiciais para a empresa e colaboradores, cumpram prazos e garantam a entrega, trazendo benefícios internos e externos para a empresa.

Quais são os principais riscos no transporte de carga?

A seguir, confira alguns prejuízos que podem ser evitados por meio do gerenciamento de risco transporte. 

1. Risco de acidente

Ao fazer o monitoramento da condução do motorista, sabe-se seus períodos de descanso, as condições do veículo e imprudências na direção que podem causar acidentes. Esses aspectos podem ser monitorados com o uso da telemetria, facilitando o gerenciamento e evitando acidentes. Conheça mais sobre esse ponto nesse ebook gratuito: 

E-book gratuito: Por que monitorar comportamento de motoristas?

Entenda como a tecnologia age no monitoramento de comportamentos, reduzindo de custos e prevenindo acidentes.

2. Risco de perda de faturamento

Cargas roubadas ou perdidas, gastos com reparo e atraso nas entregas, são todos fatores que impactam diretamente no faturamento. Ao ter um gerenciamento de riscos, esses problemas podem ser minimizados ou evitados, gerando um maior faturamento para a empresa.

gerenciamento de risco transporte

3. Utilização de estradas ruins

Com um planejamento de rotas, os custos são reduzidos, o trabalho otimizado e as vias podem ser escolhidas, priorizando as estradas pavimentadas e que oferecem mais segurança para o motorista e para o veículo. Além de ser a maior causadora de acidentes, as estradas ruins geram desgaste mais rápido nos veículos, danos a carga e direção mais perigosa.

4. Multa por velocidade

Multa por velocidade diz respeito à direção do condutor. Ao monitorar a direção, é possível verificar como o motorista está conduzindo, se o excesso de velocidade teve algum motivo relevante ou se foi apenas o descumprimento da velocidade permitida na via. A telemetria possibilita fazer esse monitoramento, de modo a gerenciar o risco e evitar gastos desnecessários ou atitudes que podem trazer prejuízos para a segurança do motorista e da carga.

Confira neste vídeo estratégias para mudar o comportamento dos motoristas e garantir a segurança.

Como a telemetria pode ajudar no gerenciamento de risco transporte?

Diferentes estratégias que incluem medidas de gerenciamento de risco de transporte podem ser implementadas ao longo do processo de logística. A telemetria ajuda a implantar e executar essas medidas. Por meio da telemetria, é possível planejar as rotas, buscando as vias pavimentadas e sinalizadas, com menor distância, os horários de menos tráfego e as que apresentam menos riscos. 

A tecnologia permite a análise de informações dos veículos para  acompanhar o comportamento do motorista ao volante. Além disso, ela ajuda a identificar infrações que aumentam o risco de acidente, desperdiçam combustível e reduzem a disponibilidade da frota, diminuindo o risco de perda de faturamento.

Para trazer mais segurança para a frota, conte com a Trimble! A telemetria é a solução ideal para auxiliar no gerenciamento de risco transporte e possibilitar uma gestão mais eficiente.

Converse com um de nossos especialistas

Torne sua operação mais rentável, produtiva e econômica!

Tags

Autor

Emanuele Almeida

Emanuele Almeida

Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

Assine nossa newsletter

Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

    Deixe seu comentário