Veja 7 dicas práticas para aumentar a produtividade da frota

| Por: redacao.massi

Aumentar a produtividade da frota é um procedimento que ocorre de forma ininterrupta, exigindo uma análise, medição, avaliação e aprimoramento constantes das atividades.

Portanto, os responsáveis pela gestão da frota que buscam aprimorar esse aspecto devem se dedicar a compreender plenamente a dinâmica de todos os processos operacionais, bem como manter uma comunicação regular com os motoristas.

Além disso, quando se dispõe de informações sobre a frota, torna-se mais fácil identificar falhas e compreender as áreas em que os recursos financeiros podem estar sendo desperdiçados.

Neste artigo vamos entender como aumentar a produtividade da frota com 7 ações práticas. Acompanhe!

O que é produtividade da frota de veículos?

A principal função de uma frota em uma operação logística é assegurar a entrega oportuna de produtos ou serviços.

Uma frota eficiente é aquela que consegue atender a uma maior demanda em menos tempo, sem a necessidade de aumentar os gastos ou alocar recursos adicionais.

É fundamental cumprir os prazos estabelecidos, otimizar os momentos de carregamento e descarregamento, planejar rotas eficientes e manter os veículos adequadamente para alcançar essa eficiência.

Para empresas de transporte ou logística, uma frota produtiva significa redução de custos e vantagem competitiva.

A produtividade da frota é um procedimento que ocorre de forma ininterrupta, exigindo uma análise, medição, avaliação e aprimoramento constantes das atividades.

Como aumentar a produtividade da frota?

Há várias estratégias disponíveis para auxiliar um gerente de frotas a melhorar a eficiência de suas operações. Veja a seguir.

1 - Monitoramento em tempo real

A telemetria representa um conceito de grande relevância para aprimorar a produtividade das frotas de veículos. Envolve a integração de informações e tecnologia por meio da instalação de dispositivos nos veículos, permitindo a transmissão de dados enquanto os motoristas estão em serviço.

Esses dados abrangem informações como a localização, desempenho dos motoristas, rotas mais eficientes e informações sobre o veículo. Isso possibilita que os gestores façam ajustes em tempo real para otimizar os prazos de entrega e reduzir os custos logísticos.

A telemetria também oferece a capacidade de monitorar o consumo de combustível, identificando o quanto é desperdiçado quando os veículos ficam presos no tráfego ou excedem limites de velocidade.

Todas essas métricas contribuem para economizar tempo e recursos, permitindo que os gestores se concentrem mais em atender aos clientes e aperfeiçoar o desempenho de suas frotas e operações.

Além disso, o sistema também reforça a segurança ao monitorar ações como frenagens bruscas ou manobras arriscadas dos motoristas.

A análise desses dados possibilita aos gestores tomar medidas preventivas para evitar tais comportamentos e, assim, prevenir acidentes futuros. 

O transporte conectado está cada vez mais presente e é indispensável para empresas que querem ter um diferencial competitivo. Para saber mais sobre o assunto, confira o material abaixo.

Transporte Conectado - Qual o futuro das tecnologias para operações logísticas?

Descubra se a sua empresa já está se preparando para o futuro das operações logísticas e conheça as tendências da Logística e da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain) conectada.

2 - Otimização das rotas

Um aspecto crucial para aumentar a produtividade é o controle das rotas.

Embora alguns gestores possam não dar a devida atenção a essa área, é essencial implementar um planejamento de rotas eficiente, evitando estradas com más condições e aprimorando a logística de entrega.

Por exemplo, a consolidação de cargas para destinos próximos ou a combinação de operações de carga e descarga em uma única viagem pode representar uma estratégia vantajosa para melhorar o desempenho da frota.

3 - Manutenção em dia

Manter os equipamentos em bom estado é uma prática que evita acidentes, aumenta a eficiência operacional e reduz a necessidade de reparos.

Portanto, é de extrema importância garantir a manutenção regular da sua frota de veículos. Ter um plano de manutenção, especialmente se for do tipo preventiva, desempenha um papel fundamental não apenas na minimização de surpresas desagradáveis, mas também na preservação da produtividade da frota.

Veículos bem conservados consomem menos combustível, requerem menos substituições de peças e permanecem em funcionamento adequado por um período mais prolongado, servindo por muitos anos com eficiência.

Além disso, essa prática também reduz os gastos com reparos e pode até elevar a satisfação dos colaboradores, que apreciam trabalhar com equipamentos de qualidade.

Se você optou por adotar a telemetria veicular, essa tarefa se torna ainda mais simples, pois os dados podem indicar quando um veículo está perdendo eficiência e está prestes a apresentar algum defeito.

4 - Treinamento para os motoristas

Elaborar um cronograma de treinamento para os motoristas é essencial para aprimorar a eficiência da sua operação.

No entanto, em vez de simplesmente disponibilizar treinamentos padronizados, cabe identificar as áreas de fraqueza específicas e abordá-las por meio de capacitações direcionadas.

Uma abordagem adicional que tende a ser eficaz consiste em coletar dados de desempenho dos motoristas e oferecer cursos a grupos que necessitem de aprimoramento.

A implementação de um programa de incentivo também pode ser benéfica para fomentar a participação e o comprometimento dos motoristas.

Dessa maneira, é possível manter a equipe de condutores alinhada com os mesmos padrões e garantir que todos estejam devidamente preparados para alcançar as metas estabelecidas.

Para ter um bom índice de segurança, é importante conhecer cada motorista e não apenas os veículos em que operam, para assim compreender as ações da sua equipe, as tendências e os comportamentos nocivos à segurança. 

A Trimble preparou um material exclusivo sobre o assunto. Baixe gratuitamente:

5 - Definição de indicadores de desempenho

Para elevar a eficiência da frota e evitar desperdícios, é crucial monitorar os indicadores de desempenho. Ao ter um controle preciso do que ocorre, torna-se mais simples antecipar e gerenciar futuras situações.

Manter registros e analisar métricas como o consumo de combustível e os custos de manutenção, representa a abordagem mais eficaz para elaborar um planejamento sólido em direção aos seus objetivos.

A própria produtividade pode ser considerada um indicativo, permitindo a exploração de dados como o tempo médio necessário para concluir uma tarefa, a média de tempo gasto em paradas, o número de viagens realizadas em um determinado período, a capacidade dos veículos, entre outros.

6 - Escolha da frota

Selecionar os veículos apropriados para a sua operação logística pode representar um diferencial significativo. É crucial direcionar a atenção para onde esses veículos são utilizados e o tipo de carga que transportam.

Afinal, diversos tipos de caminhões estão disponíveis, e alguns são mais adequados para áreas urbanas, enquanto outros demonstram melhor eficiência em estradas e rodovias.

Além disso, é fundamental avaliar se a sua frota está em condições ideais de funcionamento ou se é hora de considerar a substituição. Às vezes, adquirir um veículo novo pode ser mais vantajoso do que persistir em reparar um veículo mais antigo.

7 - Uso da tecnologia

Hoje em dia, é impensável buscar o aumento da produtividade sem contar com o suporte da tecnologia proporcionada por um sistema de gestão.

Essa tecnologia forma a base que permite aos gestores obter uma visão abrangente de toda a operação e identificar quais áreas necessitam de ajustes.

Além disso, ao ter acesso a relatórios repletos de métricas e indicadores-chave de desempenho (KPIs) de transporte com apenas um ou dois cliques, torna-se possível tomar decisões informadas, as quais terão um impacto considerável na produtividade da frota.

Além de auxiliar o gestor na coleta de dados, os sistemas de gestão podem ser de grande utilidade para interpretar essas informações. Um software tem a capacidade de otimizar os processos, proporcionando lembretes importantes.

Para que esse tipo de sistema funcione de maneira eficaz, é crucial investir em rastreadores veiculares e telemetria. Assim, é possível coletar dados e entender onde é mais vantajoso concentrar os investimentos para melhorar a produtividade da frota.

Isso permite eliminar gargalos, minimizar danos e manter um controle sólido sobre a frota, ao mesmo tempo em que oferece insights sobre o comportamento dos motoristas.

Conclusão

A tecnologia desempenha um papel crucial na gestão de frota e pode impulsionar significativamente a produtividade.

É o tipo de solução que a Trimble oferece e pode transformar a sua operação. Ao optar pela telemetria, você tem todos os dados da sua frota. Mas você pode ter resultados ainda melhores com a telemetria e o Intelligence

Nosso software complementa as informações fornecidas pela telemetria, através de dashboards inteligentes e intuitivas. Utiliza funcionalidades com inteligência artificial, como o sugestão de rotograma, quadro de ocorrências e reconhecimento facial, para otimizar a sua tomada de decisão.

Quer aumentar a produtividade da sua frota? Fale conosco ainda hoje!

Autor

redacao.massi

redacao.massi

Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

Assine nossa newsletter

Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

    Deixe seu comentário