Como reduzir multas em rodovia federal na gestão de frotas?

| Por: redacao.massi

As multas em rodovias federais têm o potencial de acarretar repercussões substanciais no orçamento de uma frota de veículos. Para além do ônus financeiro, as infrações podem comprometer tanto a reputação da empresa quanto a segurança dos condutores

Portanto, torna-se indispensável a implementação de um planejamento estratégico, visando à diminuição das multas e assegurando uma operação mais eficaz e segura. Neste artigo, vamos apresentar algumas práticas e como a tecnologia pode ajudar a acompanhar os dados e reduzir o número de multas. Acompanhe! 

Quais são as principais multas em frotas?

As infrações mais comuns no Brasil estão relacionadas ao excesso de velocidade, classificadas como médias e graves, ocupando a primeira e segunda posições, respectivamente. Em terceiro lugar, destaca-se o desrespeito a locais ou horários proibidos, enquanto o desrespeito ao sinal vermelho figura em quarto.

Nas vias rodoviárias, além do excesso de velocidade, a falta de utilização do cinto de segurança figura entre as infrações mais frequentes, conforme indicado pela Polícia Rodoviária Federal.

Quanto às frotas empresariais, as principais infrações estão associadas às atividades operacionais cotidianas e ao estado de conservação dos veículos. Algumas das principais infrações incluem o uso de celular ao dirigir, estacionamento em locais proibidos, circulação com excesso de peso ou veículo em condições inadequadas.

No que se refere ao uso de celular, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) classifica essa prática como infração média, sujeita a multa. Quanto ao estacionamento inadequado, o CTB, nos artigos 181 a 183, estabelece diretrizes que vão desde infrações leves até gravíssimas, resultando em multa e remoção do veículo.

O excesso de peso, também regulamentado pelo CTB, varia de natureza média a gravíssima, dependendo do excesso verificado. A multa pode ser agravada, e o veículo fica retido até a regularização do peso excedente.

No que diz respeito ao mau estado de conservação do veículo, o CTB considera essa falta como infração grave, sujeita a multa e retenção do veículo até que a regularização seja efetuada.

Como é a gestão para acidentes e multas em rodovia federal? 

A gestão de multas representa uma estratégia pela qual as empresas podem supervisionar as infrações cometidas por motoristas que fazem uso da frota corporativa. Além de estabelecer as medidas necessárias para o pagamento das multas, ela atua no sentido de reduzir a incidência de infrações, educar os condutores e prevenir futuros prejuízos.

O principal propósito da administração de multas é a redução de despesas e a garantia do controle efetivo das infrações, prazos e pagamentos. Independentemente do porte da frota, é fundamental manter uma vigilância especial nas questões relacionadas ao uso dos veículos corporativos e aos incidentes no trânsito.

Já em relação aos acidentes que acontecem em rodovias federais, eles são de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A PRF dá prioridade ao atendimento presencial em acidentes considerados relevantes, como aqueles que resultam em vítimas feridas ou fatais, envolvem produtos perigosos, causam danos ao meio ambiente, incluem motoristas embriagados, entre outros.

Como reduzir multas em rodovias federais na frota?

É essencial implementar uma estratégia de planejamento para minimizar as multas e assegurar uma operação mais eficaz e segura. Nesse sentido, a tecnologia emerge como uma grande aliada. Conheça as principais soluções e como elas ajudam na redução de infrações:

1 - Videomonitoramento veicular

A implantação do videomonitoramento veicular traz consigo diversas vantagens para as frotas, desempenhando um papel crucial na redução de multas. 

Esse sistema permite uma análise aprofundada do comportamento dos motoristas, identificando práticas inadequadas, como excesso de velocidade e uso de celular ao volante. Com base nessas informações, as empresas podem implementar medidas corretivas e programas de treinamento para aprimorar a conduta dos condutores.

Além disso, o videomonitoramento em tempo real possibilita a prevenção de acidentes, permitindo intervenções rápidas diante de situações de risco iminente. Essa abordagem não apenas preserva a segurança dos motoristas, mas também evita infrações relacionadas a acidentes, como colisões e atropelamentos.

O registro de eventos relevantes, como ultrapassagens perigosas e desrespeito às regras de trânsito, fornece evidências valiosas em casos de contestação de multas injustas. Para saber mais sobre essa solução, baixe o e-book gratuito da Trimble:

2 - Telemetria e acompanhamento de dados

Uma das principais vantagens da telemetria é a melhoria na segurança do motorista e do veículo. Ela permite monitorar o estilo de direção, identificar comportamentos de risco, como frenagens bruscas e acelerações abruptas, e promover a adoção de práticas mais seguras. Isso não apenas reduz o risco de acidentes, mas também minimiza as infrações de trânsito que poderiam resultar em multas.

O acompanhamento em tempo real oferecido pela telemetria possibilita intervenções imediatas em situações de risco, evitando não apenas acidentes, mas também infrações de trânsito associadas a comportamentos inadequados.

Uma das soluções da Trimble é o Trimble Duo Display. Com ele, o acompanhamento de dados em tempo real não se restringe ao centro de operações, podendo também ser acompanhado em tempo real pelo motorista dentro da cabine. 

Isso é possível com a instalação do dispositivo, que mostra excesso de velocidade, alerta de movimentos bruscos, rotograma falado, entre outros, para ajudar na direção e possibilitar que o motorista mude de atitude na hora, em vez de apenas receber um feedback ao final da viagem.

Esses benefícios diretos contribuem significativamente para a redução de multas, promovendo uma gestão mais eficiente.

3 - Treinamento de motoristas para diminuir multas em rodovia federal

O treinamento de motoristas desempenha um papel crucial na redução de multas, proporcionando uma abordagem proativa para aprimorar o comportamento no trânsito e garantir a segurança nas estradas. 

Programas de treinamento destacam práticas de direção defensiva e segura, abordando técnicas para evitar comportamentos de risco, como excesso de velocidade, ultrapassagens perigosas e uso inadequado de dispositivos móveis ao volante. O treinamento não se limita apenas às habilidades técnicas de direção, também aborda a importância da manutenção preventiva dos veículos da frota. 

À medida que as frotas incorporam tecnologias como sistemas de telemetria e dispositivos de segurança, o treinamento ajuda os motoristas a entender e utilizar essas ferramentas de maneira eficaz. Por exemplo, a Trimble conta com uma solução de ranking de motoristas. Com ela, é possível visualizar de maneira detalhada a pontuação dos motoristas de acordo com a sua performance. 

Além de poder documentar multas, advertências e infrações no prontuário de cada motorista, sendo possível identificar os de alta e baixa performance, de acordo com os critérios mais relevantes para sua operação. A partir desses dados, pode-se elaborar treinamentos direcionados para cada necessidade.

4  - Política de condução responsável

A implementação de uma política de condução responsável para uma frota é um elemento essencial na redução de multas, oferecendo uma estrutura orientada para a segurança e a conformidade com as normas de trânsito. Essa abordagem estabelece diretrizes claras e específicas para os motoristas, incluindo limites de velocidade, proibições de uso de dispositivos móveis durante a condução e outras práticas seguras. 

Ao definir expectativas claras, os motoristas têm uma compreensão sólida do comportamento esperado, reduzindo a probabilidade de infrações por desconhecimento das regras.

Além disso, a política inclui programas educacionais e de treinamento contínuos para manter os motoristas atualizados sobre regras de trânsito, práticas seguras e tecnologias de veículos. Motoristas bem informados são menos propensos a cometer infrações por ignorância ou desinformação.

Além de estabelecer regras, a política de condução responsável promove uma cultura de segurança. Isso envolve incentivar uma mentalidade de prevenção de acidentes e responsabilidade individual. Uma cultura de segurança fortalecida reduz a probabilidade de comportamentos de risco que levam a multas.

Conclusão

Agora que você viu como a tecnologia pode ser uma grande aliada no controle de multas e, consequentemente, em uma operação mais segura, chegou a hora de escolher a solução que melhor atende às necessidades da sua frota.

No material abaixo, você encontra as principais dicas de como escolher o melhor fornecedor de tecnologia para a sua operação:

Soluções tecnológicas para uma frota de sucesso

Converse com nossos especialistas e torne sua operação mais rentável, produtiva e econômica:

Após conferir o material, fale com os especialistas da Trimble para implementar as melhores soluções na sua frota.

Autor

redacao.massi

redacao.massi

Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

Assine nossa newsletter

Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

    Deixe seu comentário