O que são gargalos logísticos e como identificá-los?

| Por: Emanuele Almeida

A logística é uma área que possui muitos desafios, os conhecidos gargalos logísticos. Eles podem deixar os produtos e serviços mais caros, diminuindo a competitividade e comprometendo os níveis de consumo. Assim, é preciso identificá-los e encontrar soluções que ajudem a eliminá-los ou a contornar esse problema, possibilitando o alcance de melhores resultados.

A seguir, você vai conhecer os principais gargalos logísticos e soluções que podem ser aplicadas para resolução desses desafios. Boa leitura!

O que são gargalos logísticos?

Quando falamos em gargalos, estamos falando de um “buraco” na gestão de processos ou em tarefas executadas diariamente. O conceito está relacionado com a perda de esforços por algum motivo que podem estar relacionados a setores, erros de gestão, erros humanos, ausência de competência e, até mesmo, escassez de tecnologia.

Quando se trata de gargalos logísticos especificamente, diz-se respeitos a problemas recorrentes que são comuns a este mercado. A logística tem particularidades exclusivas da área, que vão além de apenas transporte de cargas, produtos e insumos. 

Por ter diversas etapas e processos, erros constantes são prejudiciais para o negócio, gerando multas, atrasos e, até mesmo, rompimento de contratos. Assim, torna-se cada vez mais importante identificar esses gargalos logísticos para que a organização pare de perder dinheiro e possa aumentar a produtividade.

Como evitar os gargalos logísticos?

Há algumas estratégias que podem ajudar a empresa a evitar gargalos logísticos. Elas ajudam a tornar a rotina mais dinâmica, otimizando os processos e reduzindo o tempo. Entre as principais estratégias que podem ser aplicadas, estão:

–  Uso de indicadores de performance

– Adoção de sistemas de tecnologia para a gestão e distribuição de rotinas;

– Investimento em ferramentas de compartilhamento de dados;

– Adoção de recursos que permitam maior automatização;

– Implementação de políticas de manutenção preventiva de ferramentas de trabalho;

– Uso de metodologias de trabalho;

– Treinamento contínuo das equipes.

É imprescindível buscar meios para evitar situações que causem falhas durante o processo, pois a qualidade dos fluxos de trabalho de uma empresa está diretamente associada à habilidade de um negócio lucrar. Nesse sentido, a redução de gargalos logísticos é um ponto básico para qualquer organização.

Quais são os principais gargalos logísticos que podem prejudicar a empresa?

A logística é uma área que possui muitos desafios, os conhecidos gargalos logísticos. Eles podem deixar os produtos e serviços mais caros

Existem diferentes gargalos que podem acontecer durante os processos logísticos.  Contudo, há alguns que são mais recorrentes. Conheça cada um deles a seguir:

Como solucionar?

Após estar ciente sobre os principais gargalos na logística, é preciso saber como resolver esses problemas. Para te ajudar, separamos algumas soluções. 

– Contratação de boas transportadoras: Contratar uma transportadora especializada é importante para solucionar boa parte dos problemas da logística. Contar com os serviços de profissionais qualificados auxilia a reduzir custos operacionais, garante que os prazos de entrega sejam cumpridos e que haja sempre veículos disponíveis para a realização dos serviços necessários.

– Treinamento para os colaboradores: Investir na capacitação e desenvolvimento dos colaboradores possibilita a melhora dos níveis de produtividade, além de aumentar o engajamento e motivação dos profissionais.

– Logística Lean: Este conceito tem o objetivo de analisar todos os processos existentes e identificar possíveis desperdícios. Por exemplo: desperdício de tempo, de materiais, de máquinas, de mão de obra, de equipamentos, entre outros. Assim, pode-se atuar na redução dos custos empresariais e contribuir com o aumento da qualidade, eficiência e agilidade dos processos logísticos

– Investimento em tecnologia: Investir em soluções tecnológicas tornou-se uma necessidade capaz de auxiliar em processos da rotina de toda a população. A tecnologia também está presente na resolução dos gargalos logísticos, pois é capaz de automatizar operações, reduzir custos e ocorrência de erros.

Todas essas soluções podem ser aplicadas com uma gestão baseada em indicadores. Com os indicadores corretos, a empresa consegue avaliar o desempenho da transportadora, o nível de treinamento que os colaboradores precisam e possibilita a identificação de desperdícios.

A melhor forma de analisar o desempenho de uma operação logística é fazer o acompanhamento dos KPIs (Key Performance Indicator). Os indicadores de desempenho logístico são uma ferramenta de gestão que mensuram os resultados de um processo, oferecendo padrões de monitoramento e comparação em diferentes períodos.  Mas apenas mensurar nem sempre é suficiente para implementar uma mudança efetiva e solucionar os gargalos. É necessário analisar.  Para te ajudar nessa missão, confira o e-book gratuito da Trimble.

E-book: Análise de indicadores na gestão de frotas

Saiba como mensurar e otimizar indicadores na sua operação de transportes:

Como a tecnologia na gestão de frotas auxilia na solução dos gargalos na logísticas

Para cada gargalo logístico, há uma ou algumas soluções tecnológicas capazes de contorná-lo. O investimento em tecnologia geralmente resulta em redução de custos, aumento de produtividade, diminuição da ocorrência de erros, além de possibilitar a automatização de operações e facilitar a tomada de decisões estratégicas.

O rastreamento, o acompanhamento e a visibilidade da operação logística são indispensáveis para a manutenção e o sucesso das etapas de estoque, produção, distribuição e entrega. Para isso, sua empresa pode investir na telemetria.

A telemetria garante que os gargalos em rastreamento e monitoramento das viagens sejam identificados, podendo serem resolvidos com mais assertividade. Com ela, pode-se acompanhar as entregas, garantir o cumprimento dos prazos e das rotas, informar eventuais atrasos, além de reduzir custos e aumentar a produtividade.

A tecnologia também ajuda na gestão de estoque. Dessa forma, a empresa pode cumprir toda a demanda e, quando fazer  aquisição em escala e de modo planejado, obter descontos. Além disso, a tecnologia também possibilita mapear os processos, facilitando a identificação de possíveis gargalos. Quando falhas, desperdícios ou etapas que não somam valores forem identificados, deve-se corrigir os erros e implementar melhorias.

Para saber mais sobre a telemetria e como ela ajuda as operações a alcançarem melhores resultados, confira o material abaixo. 

E-book: Tudo o que você precisa saber sobre telemetria e gestão de frotas

O que é telemetria veicular e como ela atua na gestão de frotas? Descubra aqui!

    Cargo na empresa
    Tamanho da frota
    Segmento de atuação
    Deseja conhecer nossas soluções para frotas?

    A logística é um setor que apresenta muitos desafios, mas o primeiro passo para não ficar  refém desses problemas é saber identificá-los e entender como interferem nos processos da empresa. Com as soluções abordadas aqui – contratação de boas transportadoras, treinamento para os colaboradores, logística lean e investimento em tecnologia – você já conhece possíveis caminhos para poder contornar tais situações.

    E lembre-se: a tecnologia é uma grande facilitadora para identificar possíveis gargalos e, com elas mesmas, é possível contorná-los. Para ter a melhor tecnologia nas suas operações logísticas, conte com a Trimble!

    Converse com nossos especialistas hoje

    Sua frota apresentaria resultados ainda mais efetivos usando a tecnologia correta. Fale conosco agora!

    Tags

    Autor

    Emanuele Almeida

    Emanuele Almeida

    Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop Uma mão digitando em um laptop

    Assine nossa newsletter

    Fique sempre por dentro das novidades nas inovações da gestão do transporte.

      Deixe seu comentário